A Parallels usou o seguinte software de terceiros em seus produtos:

  • TinyBIOS Pascal Dornier / PC Engines (usado como um sistema BIOS); a COMMON PUBLIC LICENSE.
  • Plex86/Bochs VGABIOS (usado como um vídeo BIOS); a licença LGPL.
  • MPI (usada para operações com números altos); Direitos autorais © 1998 Michael J. Fromberger. Todos os direitos reservados.
  • Libmspack (usado para descompressão do formato de arquivo de gabinete Microsoft); a licença LGPL.
  • Chameleon 2.0-RC2 (usada como um bootloader para os convidados Mac); o APSL.
  • Android-x86 (usado para criar máquinas virtuais Android pré-construídas); a licença Apache, Versão 2.0.
  • 7-Zip (usado para ler o conteúdo de arquivos de imagem de sistema operacional); a licença LGPL.
  • Xorg Mesa (usado em OpenGL para convidado Linux); XOrg_Mesa_Lisenses (compatível com MIT).
  • OpenSSL (usado na camada de transporte); licença Original SSLeay  + estilo Apache.
  • libxml2 (usado para suporte ao formato XML); a licença MIT.
  • libtar (usado para pacotes de relatórios); a licença BSD_4Clause .
  • google-breakpad (usado para manipulação de quebra); a nova licença BS.
  • WebKit (uso em QWebKit) (usado para suporte IPN); a licença LGPL.
  • Phonon (uasdo por Qt); a licença LGPL.
  • Qt Solutions (Aplicativo Único) (usado no GUI); a licença BSD.
  • portaudio (usada em suporte de som); licença PortAudio (compatível com MIT).
  • pcsclite, ccid (usado no suporte de smartcard); a licença LGPL.
  • libNameSer (usado em redes); a licença ISC.
  • Opus (usado para suporte de som); a licença Opus.
  • WebRTC (usado para streaming); a licença WebRTC.
  • ProtoBuf (usado na camada de transporte); a licença Apache, Versão 2.0.
  • Speex (usado para suporte de som); a licença Speex.
  • ZeroMQ (usado no cliente); a licença ZeroMQ.
  • WebSocket++ (usado na camada de transporte); a licença WebSocket++.
  • DropboxSDK (usado para a integração com o Dropbox); a licença MIT.
  • FacebookSDK (usado para a integração com o FB); a licença Apache, Versão 2.0.
  • HockeySDK (usado para a integração com o HockeyApp); a licença MIT.
  • EFI Bios (usado como sistema BIOS); a licença BSD.
  • Biblioteca FSW (de iso9660/UDF no EFI) (usada em instalação autônoma); a licença BSD.
  • ezXML (usado como analisador XML no driver de vídeo Linux); a licença MIT.
  • Suíte PuTTY (usada para a implementação de descoberta); a licença MIT.

Se você quiser receber qualquer um dos códigos-fontes listados, envie seu pedido para license@parallels.com.